Training Camp ll com Murilo Fischer

por Cleber Ricci Anderson


ITU
20, 21 e 22/Jan


Depois do sucesso do Mel Isis Training Camp com Luciano Pagliarini, foi realizado em Itu-SP nos dias 20, 21 e 22 de janeiro, no Itu Plaza Hotel, a segunda edição do Training Camp de Ciclismo, desta vez com Murilo Fischer, o brasileiro campeão do ranking do UCI Europe Tour e quinto melhor do mundo no Campeonato Mundial de Ciclismo de 2005, em Madrid e vencedor de 8 competições do ciclismo profissional em 2005.

Esta edição do Training Camp teve a participação de 33 inscritos divididos em paulistas da capital e do interior, cariocas e um equatoriano residente em Santa Catarina. Foram recebidos com um lanche de boas vindas seguido pela palestra de abertura na sexta-feira à noite com Murilo Fischer que contou detalhes de sua carreira (veja resumo no final da matéria) e encerrou comentando junto com o filme a principal vitória de 2005, uma das oito pela Equipe Naturino, em cima do atual campeão olímpico e campeão da Copa do Mundo de 2004, o italiano Paolo Bettini.

Assim como aconteceu no primeiro Training Camp, as famílias dos participantes puderam desfrutar do conforto e das atrações do Itu Plaza Hotel enquanto os participantes fizeram parte da programação com treinos pela manhã e as palestras à tarde, aproveitando o tempo também com suas famílias.

No sábado pela manhã, um pelotão de quase 50 ciclistas entre participantes e staffs comandados por Fischer e os irmãos Anderson saíram para um treino de resistência onde cada um escolheu a distância a percorrer (50, 70 ou 120km). O sol estava muito forte (chegou aos 41 graus), mas a sombra das árvores das Estradas Parque e dos Romeiros (estradas tranqüilas que margeiam o rio Tietê, com perfil inicialmente plano e em seguida montanhoso) amenizou o calor ajudados pelo apoio de 3 carros que hidratavam e alimentavam os ciclistas além de apoiá-los para qualquer problema mecânico.

Os paulistas Fábio, Fernanda e Gláucia são iniciantes do esporte e nunca tinham pedalado em estrada, apenas na USP. Fernanda disse que realizou um sonho de sua vida, pedalar em estrada, ainda ao lado de um dos melhores ciclistas do mundo. Depois de ter passado pelo trauma inicial de estar fazendo uma nova atividade, foi se soltando, relaxando, passando pelas dificuldades, principalmente pelas subidas. Na metade do treino se deu conta que seu desejo estava sendo realizado. Contaram o tempo todo com a assessoria de Cleber Ricci Anderson que acompanhou a todo o momento os iniciantes (50km) e foi dando dicas e tirando suas dúvidas instantaneamente na prática e corrigindo detalhes como relação utilizada, posicionamento na bike, etc. Desta forma, o aprendizado é otimizado.

O triathleta Christian Kitler acompanhou o pelotão intermediário (70km) e no final teve a ajuda de Cleber que já havia conduzido seu pelotão ao hotel e, conseqüentemente, à piscina mais cedo. Voltou junto com mais um carro de apoio para ajudar Kitler, e pedalar mais um pouco.

Murilo Fischer e Celso Anderson treinaram com o grupo que encarou o desafio dos 120km com muitas montanhas de até 14% de inclinação. Tiveram a todo o momento o apoio motorizado comandado por Clovis Anderson Jr. (campeão panamericano) que no final teve o reforço dos carros que já haviam deixado o resto dos ciclistas no hotel. O treino terminou em piscina, junto com os familiares dos ciclistas seguido de um super variado e delicioso almoço no Itu Paza Hotel.

À tarde, após a sesta, os participantes assistiram às palestras de Cleber Ricci Anderson sobre Biomecânica e Ergonomia Ciclística e de Celso Anderson sobre a construção de quadros e a escolha do equipamento de acordo com os materiais e processos de fabricação.

Depois do intervalo com lanche, Cleber e Murilo explicaram o método de pedalada ideal de Cleber e os treinos de força na subida, sugeridos por Luciano Pagliarini no I Training Camp e adaptados por Cleber aos participantes ajudado pelas dicas de Joe Friel (Cyclist´s Training Bible) e de Murilo Fischer que considera este tipo de treino o mais importante diferencial para o treinamento, pois além de desenvolver a força e o ritmo nas montanhas, acerta e potencializa a pedalada desenvolvendo-a para todas as modalidades do ciclismo como sprints, contra-relógios, ataques, busca de fugas, etc. Além disso, esses educativos e técnicas são otimizados com o auxílio de um medidor de potência como o da Polar, apresentado no Training Camp.

Como Fischer teve que voltar para a Itália no domingo à tarde, acabou fazendo sua palestra de despedida comentando com todos os detalhes a estratégia das equipes e os bastidores do Campeonato Mundial de Ciclismo em Madri no final de 2005. Junto com o vídeo, os participantes puderam ver como foi difícil a conquista de seu quinto lugar na prova mais disputada do ano.

Na manhã de domingo, foi a vez dos participantes colocarem em prática a palestra de Cleber e Murilo sobre o Método de Pedalada Ideal e o TFS (Treino de Força na Subida). Marcelo Schulz, um triatleta residente em Araras-SP ficou impressionado com o quanto ele aprendeu e com o que já sentiu de melhora durante o treino. Ruggeri de São José dos Campos pela primeira vez percebeu a diferença entre sua perna direita e esquerda e sentiu, após a pedalada isolada, os benefícios dos educativos. O carioca Gustavo Gelli passou a conhecer melhor sua pedalada através dos educativos e do medidor de potência que acabara de adquirir. No final do treino, Cleber mostrou diferentes técnicas para escalar como a utilizada por Lance Armstrong que se debruça no guidão para tirar peso das pernas e conseguir pedalar com mais giro e a de aumentar o balanço da bike quando se pedala com transmissão mais pesada. Logo depois, Fischer analizou a técnica de subida de cada um dos participantes e dava dicas para que pudessem melhorar.

A piscina no domingo foi mais cedo, pois os participantes almoçaram com Fischer que estava de saída para a Itáilia para mais uma temporada profissional pela Naturino-Sapore di Mare. Fischer já tem assegurado seu contrato em uma das 20 equipes do UCI Pro Tour para 2007 e 2008, sem contudo poder ainda revelá-la. Devido suas conquistas em 2005, tem sua participação garantida nas principais clássicas do ano como a Paris-Roubaix, um de seus objetivos, prova que pretende vencer em 2007 e que este ano, vai participar, tentar seu melhor resultado e conhecê-la ainda melhor. Em sua despedida, os participantes fizeram uma homenagem a Fischer com um brinde de boa sorte em busca de seu objetivo principal, a conquista da medalha de ouro na Olimpíada da China de 2008. Fischer chegou na Itália na segunda-feira (23) e praticamente não desarrumou a mala, pois no dia 24 já iria embarcar para o Qatar para participar de seu primeiro compromisso, a Volta do Qatar, entre os dias 29 e 3 de fevereiro.

As palestras finais do domingo à tarde foram do ciclista e triatleta, mestre em nutrição Reinaldo "Tubarão" Bassit que orientou os participantes sobre os detalhes e recomendações sobre hidratação e nutrição para as provas de ciclismo e triathlon.

O II Training Camp foi finalizado com a palestra de Cleber Ricci Anderson sobre a viagem à França onde vai levar um grupo já fechado de 30 cicistas para a participação do L'Étape du Tour em julho, a ser realizado durante o Tour de France 2006. Eles formarão o grupo brasileiro que competirá junto com mais de 8.000 ciclistas de todo o mundo, enfrentando 3 montanhas enormes durante 190km com o final no L'Alpe d´Huez nos Alpes franceses. Além da competição, os participantes assistirão ao vivo ao Tour de France nos dis 12 e 13 de julho, depois de pedalarem até as montanhas onde os profissionais estarão passando.

O II Training Camp de Ciclismo com Murilo Fischer foi uma realização da Stone Brother´s Eventos (irmãos Anderson) que contou com o apoio da Intac, distribuidora Shimano e Cateye, da Plimax, (capacetes Giro), da Mel Isis (maior distribuidora de mel do Brasil), da Khelf (moda) e dos monitores cardíacos/ciclocomputadores Polar. Entre outubro de 2006 e janeiro de 2007, os Training Camp de Ciclismo com Fischer e Pagliarini voltarão a ser realizados espalhados pelo Brasil. Aguardem!

Resumo da trajetória de Murilo Fischer

Iniciou no mountain bike com 5 vitórias em 96 aos 17 anos junto com o irmão, passando rapidamente ao ciclismo no ano seguinte onde competiu pela equipe Equipe Kolbach/Jaraguá do Sul e depois em 98 a 1998 FME, também de Jaraguá, desta vez com uma maior expressão nacional. Devido aos bons resultados foi convidado a integrar a Equipe de São Caetano do Sul para o ano de 99, onde realmente começou a focar o ciclismo profissional. Em 2000 passou para a melhor equipe brasileira da época, a Caloi onde os resultados superaram todas as expectativas, levando-o a participar da tão sonhada Olimpíada de Sydney. Fischer foi o único representante do ciclismo brasileiro. Em 2001, através de seu amigo Luciano Pagliarini, que já estava na Europa, Fischer foi convidado a fazer um estágio na Equipe IMA, a mesma que introduziu Pagliarini na Europa. Em um estágio de apenas 2 meses Fischer conseguiu um inportante segundo lugar, o melhor resultado de sua "squadra" naquele ano. Desta forma conseguiu assegurar seu primeiro contrato na Itália e defendeu a IMA em 2002 e 2003. No primeiro ano, Fischer venceu de forma surpreendente a 4a. Etapa do Giro D-Itália Baby (especial para os aspirantes ao profissionalçismo) e em 2003 colecionou várias vitórias e se consagrou Campeão Mundial B na Suíça, fato inédito para o ciclismo brasileiro. Devido aos excelentes resultados, foi convidado finalmente a integrar uma equipe profissional, a Domina Vacanze, a mesma do astro mundial dos sprints, Mario Cipollini. Fischer cumpriu muito bem o seu papel e começou a se destacar nas clássicas com importantes colocações e vitórias. Em 2005, devido a mudança na organização da UCI com a criação do UCI Pro Tour, sua equipe que era patrocinada pela Domina Vacanze (empresa de turismo) acabou fiicando não se classificando entre uma das 20 do UCI Pro Tour, passando para o UCI Continental (que luta pelo ranking europeu). Fischer continuou sua trajetória de sucesso e teve o melhor ano de sua carreira vencendo 8 vezes, várias delas com os principais ciclistas do UCI Pro Tour, entre outros, Damiano Cunego (campeão do Giro d´Ítalia 2004), Davide Rebelin (que liderou em 2005 a Copa do Mundo) e o atual campeão olímpico Paolo Bettini, além de ser o quinto melhor do mundo na prova mais disputada do ano, nada menos do que o Campeonato Mundial de Ciclismo profissional em Madri - Espanha. Fischer é reconhecido e apontado como favorito nas competições em que participa na Europa, é comentado pela imprensa mundial especializada em todo momento, mas é praticamente desconhecido no Brasil, fato que o chateou após o Campeonato Mundial. Este ano, por questão de contrato ainda vai se manter na Naturino Sapore di Mare, mas já tem contrato assinado com uma das equipes do UCI Pro Tour para 2007 e 2008, sem contudo poder revelá-la. Seu objetivo pessoal é a medalha de ouro na prova de resistência do ciclismo na Olimpíada de Pequim. Maiores informações, visite o site www.murilofischer.com.




» Training Camp com Murilo Fischer - sábado

» Training Camp com Murilo Fischer - domingo

» Training Camp com Murilo Fischer - palestras




Os arquivos abaixo são coletâneas que reúnem todas as imagens das respectivas galerias.

» sabado.zip - 15,7 MB
» domingo.zip - 17,0 MB
» palestras.zip - 4,4 MB

 


 


bicicleta cannondale super six evo carbon disc ultegra anthracite 2018 (consulte disponibilidade de tamanho)
detalhes

R$ 18.999,00



rack thule kit 1474
detalhes

 de R$ 259,00
por R$ 199,00



(saldao) cÂmbio mtb diant shimano xtr fd-m 952 28.6 top pull
detalhes

 de R$ 170,00
por R$ 139,00



raio inox richman taiwan 290-2.0- preto unidade
detalhes

consulte



avanÇo 31.8 120 x 05 cannondale 1.5 mtb
detalhes

R$ 323,00



honey stinger organic energy limonada rosa
detalhes

R$ 17,00



fita de aro amarela para aro 29 / 700 16x0 5mm (unidade)
detalhes

R$ 14,00



ciclo computador lezyne gps watch color screen preto
detalhes

R$ 1.425,00



(saldao) rack thule 860
detalhes

 de R$ 680,00
por R$ 539,00



pastilha de freio disco kombat p/ hayes stroker trial (dk-45)
detalhes

R$ 54,90